28/05/2013

 
“Disfarçamos nosso abandono com frases ousadas e sem verdade alguma. 
O que a gente gostaria de dizer, mesmo, é: me dê sua mão”.